segunda-feira, dezembro 31, 2007

2008

O percurso não termina aqui. Tudo segue o seu ritmo normal apesar do alarido e simbolismo que acabamos por dar às doze badaladas finais desta noite. A fronteira existe apenas no nosso imaginário, o segundo que se segue à meia-noite é apenas a continuação do anterior. No entanto, tantas vezes teimamos em fazer balanços e planear mudanças.

A vida vai continuar a fluir, e eu cá continuarei para aprender com ela. Estarei à descoberta de novos sabores e fragrâncias do quotidiano, de formas diferentes de olhar o mundo, de pensamentos que me completem e de sorrisos que contagiem.
Pelo meio sei que irei ter outras experiências mais dolorosas, é inevitável. Sentirei tristeza e dor, possivelmente irei provocar mágoa e desilusão. Afinal sou humano como os outros, esta é a única desculpa que encontro. Mas até no mais negativo, tentarei encontrar lições para que possa crescer como pessoa.
Tentarei ao longo dos dias, e em cada instante, encontrar novos (ou renovados) equilíbrios que me envolvam na serenidade que só os momentos intensamente vividos nos podem oferecer.

Quem me acompanha?
Venham daí, 2008 está a chegar!

25 Comments:

Blogger carol said...

Claro que te acompanho...

Apesar dos dissabores da vida espero que tenhas e conquistes o que melhor a vida tem, a felicidade.

Continua a ser o que sempre foste, um amigo!

Beijos

5:40 da tarde  
Blogger Maria Mar said...

Olha, eu quero estar por cá. Por teimosia, porque me apetece e porque gosto muito. Se doer é porque ainda sinto. Se sentir é porque vale a pena e quero que valha por algum tempo ainda.
Se puder caminhar com alguém ao lado, melhor ainda. E sei que o farei. Vem comigo também. Há sempre lugar para mais um. Sei que o meu coração é imenso!

5:48 da tarde  
Anonymous Cristalina said...

Também te acompanho, no Imaginário Real :-)!!!
Como sempre, muito bem escrito.

Que tenhas um excelente 2008, AMIGO!!

Beijo no coração

Cris'talina

6:18 da tarde  
Anonymous Hotaskim said...

Honestamente? se me fosse permito escolher, eu terminada aqui mesmo a minha vida!... Mas sou demasiado cobarde para acabar com ela, apesar de ter tudo preparado em caso da minha morte permatura por qualquer motivo... Por algum motivo , o livro Verónica decide morrer de Paulo Coelho, diz-me tanto!... Nunca fui de prometer nada a ninguém, por isso, não sei se vou acompanhar-te ou não, so sei que neste momento estou aqui! Carpe diem

7:14 da tarde  
Anonymous Capri said...

Como diria o outro:
Atão bota prá frente, que é o caminho.

Um grande abraço

Capri

7:51 da tarde  
Anonymous Alia said...

Ora também quero estar, também quero ir caminhando, crescendo, vivendo contigo por perto.
O melhor para ti sempre que bem o mereces

Alia

8:01 da tarde  
Blogger ali_se said...

Olá Nelson!

Ora então uma FELIZ 2008, é o que eu te desejo!

Abraço de Alice

9:14 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Meu querido amigo te acompanharei sempre pois aprender sempre é a minha filosofia e na tua companhia é uma sabedoria ...
Feliz Ano 2008 com tudo o que mais desejas, saúde, amor, dinheiro, ...
Sê feliz
beijos mil e muita paz
cris

9:29 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Olá Nelson

Quero acompanahr-te nesta viagem, quero aprender e crescer contigo :)

Não sei se consigo o mesmo ritmo, mas vou esforçar-me...ajudas-me se falhar, sim?!

Que este novo ano nos traga a todos muitas alegrias.

beijinhos
Nina

2:20 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Olá Nelson

Quero acompanahr-te nesta viagem, quero aprender e crescer contigo :)

Não sei se consigo o mesmo ritmo, mas vou esforçar-me...ajudas-me se falhar, sim?!

Que este novo ano nos traga a todos muitas alegrias.

beijinhos
Nina

2:20 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

É evidente que te acompanho... prova disso é que aqui estou eu... a ler-te e que bem sabe ler-te...
pois que continue 2008 e sempre... contigo...

Feliz resto de 2008

Beijos

Ana Paula/Pestinhadoce

2:33 da manhã  
Anonymous Raquel V. (Páginas) said...

2008...

Aqui estamos nele... perdidos no que será, vogando alguns sem sentido e outros de rumo traçado.

Este ano não vou comer rebuçados...
Esta ano não vou acordar tarde...
Este ano não...

Pelo que pude perceber tens rumo traçado. :) Bom 2008!

2:36 da manhã  
Anonymous Majomali said...

Claro que acompanho. Com todo o prazer.
Um excelente 2008 com todos os teus sonhos realizados.
Beijo perfumado de amizade...

5:48 da manhã  
Anonymous C.Feixa said...

Olá Amigo.

Cá estaremos para o melhor e para o pior. A vida é feita de altos e baixos, de pequenos nadas que são muito. 2008 não vai fugir à regra. Saúde e felicidades. Cá estarei para te dizer sempre: amigo.
Abraço.
C.Feixa

7:28 da tarde  
Anonymous Onça said...

Nelson ,

nossos caminhos se cruzaram em alguns trechos do percurso e pode ser que se cruzem novamente por mais vezes . Haverá momentos em que a bifurcação nos fará parecer distantes fisicamente um do outro , mas , esta distância é mínima pois em nossa caminhada já traçamos roteiros coletivos de amizade , de companheirismo ... e como é bom "ver a paisagem" e desfrutá-la com você meu amigo !
Um abraço caloroso de quem mto te gosta : eu !

2:40 da manhã  
Blogger Sandra said...

Olá Querido Amigo!

desejo-te o dobro daquilo que desejo para mim neste próximo ano e seguintes! :)
A vida é tão simples e não adianta complicar....eheheheh
Desejo que nesta nova etapa se aprenda a amar... sabendo amar tudo se torna mais fácil de entender porque tudo tem uma razão de existir!
Faço questão de continuar a acompanhar-te! obrigada por existires!
beijos doces XXL

11:39 da manhã  
Anonymous ZeeZinha said...

Nelson

Hoje já é dia 2... Espero acompanhar-te pelo resto do ano!

Creio que as pessoas precisam de lembretes e de símbolos para compartimentarem melhor as coisas... Ou traçarem metas: temos os segundos, minutos, dias, semanas, meses e anos...

O segundo a seguir à meia noite do dia 31 de Dezembro que marca a passagem do ano nem sequer é igual para toda a gente: apenas um traço irreal, que se manifesta localmente.

Gosto dos fins de ano para fazer balanços, para me motivar sobre o que não quero continuar a fazer no ano seguinte...

E vêm aí 366 dias para 2008... Que os passes bem!

11:49 da manhã  
Blogger Cristina said...

Votos de um ano 2008 muito feliz! E que na tua vida haja sempre um tempinho para este (ou outro) blog! :)

PS: Senti algo do velho Jotakapa neste texto. Como sempre muito belo...

bj*

6:53 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Olá.

É a primeira vez que comento aqui, neste blog.

Porque muitas das minhas concepções mudaram, com o tempo, como acontece com todas as pessoas.

Porque só quem muda é que vive.

Até conheces algumas das minhas ideias sobre esta época, mas aqui ficam (mais) algumas.

Sempre quis as minhas passagens de ano calmas, e sempre as consegui. Festejar tanto e de uma forma tão intempestiva e efusiva para quê se não sei o que me vai acontecer no novo ano, logo ali, naquele dia que começa?

Prefiro ter a noção de continuidade, de evolução, de “mais”. Mais um dia na contagem (de)crescente que é a vida.

Porque não sei se amanhã cá estarei, no Mundo, preciso de ver assim a minha existência.

Talvez um dia, quando for passar o ano nas areias de Copacabana, festeje com tudo a que tenha “direito”.

As excepções confirmam as minhas regras, não é?

Este ano (ainda) não foi uma excepção.

Erasmo Carlos escreveu:

“E ainda que a realidade me limite
A fantasia dos meus sonhos me permite
Que eu faça mais do que as loucuras
que já fiz
Pra te fazer feliz.”

Não cá deixo o resto do poema, porque seria mal-interpretada (por outras pessoas), mas esta é mesmo a minha parte favorita.

Nem sempre conseguimos estar em todo os lados, com todas as pessoas de quem gostamos, mas na imaginação é-nos permitido (quase) tudo.

Que 2008 te traga muita imaginação e que a tornes real. Ou que a realidade te desperte o imaginário.

Conceição - eu própria, sem nicknames ou máscaras

11:40 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Olá borracho.
Olha eu nunca faço balanços.Fazer balanços faz-me urticária.Eu prefiro deixar fluir,mas também já cá cantam 54 anos.
Antigamente trabalhava demais para ter uma casa,para ter carro,para criar os filhos e andava a cem.
E chega "SEMPRE" a altura em que a vida nos obriga a parar.E calha a todos.Uns ficam doentes do corpo ,mas antes disso já andavam doentes da alma.Só, que com tanta corrida ,ficam surdos.
Mas a vida é um projecto universal muito inteligente.
Aí em cima ,alguém disse que se não fosse cobarde acabava com a vida,mas eu não acredito muito que seja cobardia...
Eu já tentei acabar com a vida ,mas só agora percebo que era uma manobra de manipulação.
Como ninguém me ligou pevas eu fui obrigada a confrontar-me a mim.Somos sempre nós os carrascos .
Mas pensar doi .como dizia o pessoa e a gente não gosta de olhar para dentro.
Mas eu olhei e não gostei muito do que vi.A merda não estava fora ,estava dentro.
Hoje acho que sou uma pessoa contente ,porque feliz num mundo de gente com fome doenças guerras e medos,pareçe-me impossivel.
Não preciso de um companheiro para ser feliz.Preciso é de muita gente,muitos amigos.Mas se surgir um companheiro também não viro a cara.NÃO FAÇO PROJECTOS.
Não quero nada com os dissabores da vida,só quero sabores.Acompanho muita gente e acho que é por isso que sou contente.
Sempre fui uma pessoa expontanea e aberta,e isso desconcerta as pessoas.
Falo de tudo o que me dá na real gana,mas...sempre procuro fazer isso com afecto.
Uma das coisas piores para nos matar lentamente são os joguinhos psicológicos .Eu gosto muito de ti e nem sei bem porquê.
Gosto de gente ,acho que as pessoas são universos misteriosos e alguns universos são tão fechados que é quase impossivel olhar e ver com clareza.Mas as pessoas vibram e a gente capta .
Capto em ti algo que já fui...e algo que podes vir a ser .
Eu não me deixo adormeçer com palavras ,prefiro sentir a energia da pessoa.Não tenho medo de nada a não ser de ficar imóvil numa cama sem poder falar.
Porra Nelson!!!imagina uma gralha destas sem falar né?
Olha já falei muito hoje e doi-me as costas,mas digo-te uma coisa...
Estás um universo mais aberto e gosto disso.Dias beras existem.Noites escuras da alma também,mas são essas noites escuras que nos permitem sair contentes para novos amanheceres.
Então gracias á lá vida como dizia um Xamã que muito me ensinou.
Atira-te de cabeça e VIVE .
Maria das Nuvens

8:17 da tarde  
Anonymous Maria das nuvens said...

Já sabes que eu escrevo e nem vejo as teclas...
Onde se lê imovil ahahahahah,leia-se imóvel.
Tens de me ensinar a escrever em blogs ,porque não sei manejar isto.
A pdi não perdoa.
PDI =puta da idade.

8:24 da tarde  
Anonymous Marginalia said...

Claro que sim!

Nunca faço balanços ou planos sempre que começa o ano!
Prefiro esperar para ver o que este me reserva, o prazer da surpresa (seja boa ou menos boa) é sempre melhor que a frustração que surge quando se criam demasiadas expectativas ...!

Beijo grande e que 2008 seja em grande!

11:25 da manhã  
Anonymous Marginalia said...

Claro que sim!

Nunca faço balanços ou planos sempre que começa o ano!
Prefiro esperar para ver o que este me reserva, o prazer da surpresa (seja boa ou menos boa) é sempre melhor que a frustração que surge quando se criam demasiadas expectativas ...!

Beijo grande e que 2008 seja em grande!

11:28 da manhã  
Anonymous Marginalia said...

Claro que sim!

Nunca faço balanços ou planos sempre que começa o ano!
Prefiro esperar para ver o que este me reserva, o prazer da surpresa (seja boa ou menos boa) é sempre melhor que a frustração que surge quando se criam demasiadas expectativas ...!

Beijo grande e que 2008 seja em grande!

11:29 da manhã  
Anonymous Zu said...

È porque teimamos em fazer balanços e planos, que a nossa vida tem sentido,são os objectivos traçados que nos fazem ir em frente e dão força para ultrapassar os obstáculos que nos surgem. E nada melhor do que o Imaginário Real para nos fazer sonhar e aprender a descobrir diferentes formas de ver e sentir o mundo!!! È claro que te acompanho nesta viagem de descobertas... novas experiências... novas emoções, e pensamentos onde reinam a Paz e a serenidade...! Quero continuar a aprender contigo.Obrigada pela tua amizade!Que 2008 seja para ti um Ano cheio de saúde, paz, amor, alegrias mts sucessos e que se realizem os teus sonhos!
Bjs, Zu.

10:31 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home