sexta-feira, outubro 03, 2008

Faróis

Bailey Lighthouse, Howth, Dublin, Ireland

O farol existe para ser visto ao longe, para assinalar a costa, para marcar os obstáculos à navegação, para servir de marca a quem percorre mares mais ou menos turbulentos e para sossegarem os ânimos mais perdidos. São locais extremos mas também únicos.

De certo modo, também nós acabamos por descobrir e assinalar os faróis que nos servem de referência e nos permitem seguir em frente nas ondas da vida. Podem ser lugares, pessoas, acontecimentos, músicas, sonhos ou qualquer outra forma de nos ajudar a encontrar e seguir o nosso caminho.

2 Comments:

Anonymous Gaspar de Jesus said...

Olá Nelson
Este FAROL é o da Berlenga ao largo de Peniche ?
G.J.

1:26 da tarde  
Blogger Maria Eulália said...

Para mim não és farol, mas uma luzinha que me está a iluminar a alma com os teus trabalhos. Obrigada Nelson.

7:58 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home